Notícias

Postada em 05/01/2018

Procon-PE realiza pesquisa de materiais escolares


Início de ano, hora de matrículas e compra de material escolar. Para dar um norte aos pais e responsáveis na hora da compra, o Governo de Pernambuco, através do Procon-PE, realizou uma pesquisa dos produtos mais procurados na lista de material escolar.

Os fiscais pesquisaram 64 itens, divididos entre: tintas; fita adesiva; réguas; apontador de lápis; tesoura; caderno espiral; caderno brochura; agenda; lancheira; lápis preto; lápis de cor; caneta esferográfica; caneta hidrográfica; giz de cera; borracha branca e bicolor; massa de modelar; mochila e papeis. A pesquisa aconteceu em 10 estabelecimentos, nove em Recife e um em Olinda.

A lista mostra que é preciso pesquisar. A borracha branca dual, da marca Mercur, foi a que apresentou maior diferença, 432%. Ela pode ser encontrada por R$ 0,75 e R$ 3,99. O segundo produto com maior diferença também foi a borracha, só que desta vez a Record 40, 398,33%, encontrada por R$ 0,60 e por R$ 2,99.

Entre os cadernos o que teve maior diferença percentual foi o caderno de uma matéria, de 96 folhas, 177,20% de diferença de um estabelecimento para outro. O mesmo produto pode ser encontrado por R$ 6,49 e R$ 17,99.

O Procon-PE fez a mesma pesquisa no final do dezembro e realizou outra essa semana, entre os dias 2 e 4 de janeiro, para comparar se com as proximidades das aulas os valores mudaram.

Foram comprados os 39 produtos, mais baratos da lista do ano passado. No comparativo, 13 itens subiram de preço; 12 estão no mesmo valor e 14 tiveram os valores reduzidos.

O que mais subiu de valor foi o lápis redondo HB preto. O produto aumentou 87,50%, passou de R$ 0,40 para R$ 0,75. E, o que mais caiu o caderno 10 matérias, de 200 folhas, ele caiu 25,90%, passou de R$ 16,99 para R$ 12,59.

O consumidor pode ter acesso à pesquisa. É só solicitar através do e-mail: imprensaproconpe@gmail.com A pesquisa mostra marcas, nomes dos estabelecimentos e os preços praticados por cada um.