Notícias

Postada em 27/06/2017

Pelo menos três mil pessoas negociaram dívidas em mutirão do Procon/PE

O 1º Mutirão dos Superendividados realizado este ano pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), através do Procon/PE, atendeu mais de três mil pessoas e negociou cerca de R$ 3 milhões em dívidas. Deste total, apenas os bancos, que possuem um prazo de 10 dias para análise dos casos, ainda não apresentaram o balanço final.

 

A empresa que fechou o maior montante em negociações foi a Celpe, com R$ 1.206.282,86. Depois a Prefeitura do Recife, com o IPTU (R$ 915.983,81) e a Compesa (R$ 679.779,25). Também participaram do Mutirão as empresas de telefonia TIM, OI, Vivo e Claro, e os bancos, através da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban).

 

NAS - O Procon/PE também disponibiliza um atendimento específico ao consumidor que mesmo após o mutirão continua precisando negociar as dívidas. O Núcleo de Apoio ao Superendividado (NAS) funciona na sede do Procon/PE, localizada na avenida Floriano Peixoto, 141, bairro de São José,  de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h.

 

O NAS tem por objetivo dar suporte aos consumidores que estão com grande parte da renda comprometida com dívidas. Uma equipe multidisciplinar, composta por psicólogo, assessor jurídico e educador financeiro, trabalha fazendo, junto ao consumidor, um raio x das dívidas.

 

 

NÚMEROS DO MUTIRÃO

IPTU -  R$ 915.983,81

COMPESA - TOTAL R$ 679.779,25

Celpe - TOTAL R$ 1.206.282,86

OI - R$   2.422,01

TIM - R$  1.640,15

VIVO - R$   17.503,47

CLARO – 14.945,29